quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Serviço geológico investiga diamantes em Belmonte

Serviço geológico investiga diamantes em Belmonte


Exemplar de rocha retirada da área submarina examinada pela Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais
Além de minérios, a CPRM (Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais) está pesquisando a existência de uma "mina" submersa de diamantes, que  teriam sido soterrados ao longo dos anos e estariam localizados no encontro do rio Jequitinhonha, no município de Belmonte, na Costa do Descobrimento.

Por conta disso, o Brasil já arma defesa de tesouro submerso. O Jequitinhonha (chamado de rio mar) nasce nos arredores de Diamantina (MG) e deságua no Oceano Atlântico, na região de Belmonte.

Na foto aparece a imagen de um exemplar de rocha retirada da área submarina examinada pela Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais. Se comprovada a  existência das pedras, Roberto Ventura, diretor de geologia e recursos minerais da CPRM, acredita que "haverá uma grande demanda de empresas para explorar o local".

"Não vamos definir o volume de diamentes, só o indício, levando em conta que eles saíram da região de Diamantina, em Minas Gerais, e foram para lá", afirma Ventura.

Uma segunda expedição está fazendo a pesquisa sísmica na região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário