quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Em reencontro com Ronaldinho, Fla vence Atlético-MG e ajuda Flu

Em reencontro com Ronaldinho, Fla vence Atlético-MG e ajuda Flu

 
Por Terra RIO - Os apitos, gritos e vaias do público no Estádio do Engenhão ajudaram o Flamengo nesta quarta-feira. Toda a hostilidade direcionada a Ronaldinho motivou o time rubro-negro, que conquistou um resultado fundamental na briga para se afastar da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Contando com bom público, a equipe carioca venceu o Atlético-MG por 2 a 1 e, de quebra, ajudou o arquirrival Fluminense, disparado na liderança da competição após o duelo válido pela 14ª rodada.
O Flamengo, agora também com 26 jogos na Série A do Brasileiro, alcançou 34 pontos com o resultado positivo no Engenhão e subiu para a zona intermediária da tabela de classificação. Já o Atlético-MG, estacionado com 52 na segunda posição, vê o Fluminense permanecer quatro pontos à frente, e agora com o mesmo número de duelos disputados na competição.
Embalado pelo triunfo conquistado sobre um dos favoritos ao título do Campeonato Brasileiro, o Flamengo terá pela frente na próxima rodada justamente o outro candidato à taça: o arquirrival Fluminense, no domingo, às 16h (de Brasília), no Engenhão. O Atlético-MG, buscando reabilitar-se para caçar o Flu na primeira posição, encara a Portuguesa, no sábado, às 18h30, no Estádio do Canindé.

Vigilantes do Brasil presentes no Encontro Sindical Latino Americano da UNI

Vigilantes do Brasil presentes no Encontro Sindical Latino Americano da UNI
Vigilantes do Brasil presentes no Encontro Sindical Latino Americano da UNI
Escrito por: CNTV

Nos dias 07 e 08 deste mês os dirigentes da CNTV, José Boaventura – Presidente, e João Soares – Secretário Geral, estiveram em Bogotá, Colômbia, representando os vigilantes brasileiros no encontro anual de Sindicatos de Vigilantes da América Latina promovido pela UNI Global Union (UNI Sindicato Global). 

Além do Brasil o evento contou com a participação de Sindicatos do Uruguai, Paraguai, Colômbia, Panamá e Chile, que avaliou o cenário da segurança privada na América Latina, um pouco do papel dos profissionais na luta por democracia nos seus países, os meios de fortalecer a organização dos vigilantes em cada país e as campanhas empreendidas em cada local e em nível mundial,  especialmente a campanha pela assinatura 
de um acordo global com a espanhola Prosegur.  

Os Acordos Globais já existentes no setor com as multinacionais  Securitas, a G4S e a ISS foram avaliados positivamente. Um capítulo que mereceu especial atenção dos participantes foram as denúncias de práticas anti-sindicais das multinacionais Brinks e Prosegur em todos os países, com destaque especial para a situação do Paraguai e da Colômbia. 

No Paraguai a Prosegur impõe aos trabalhadores condições de trabalho indecentes e inseguras, com jornadas de trabalho de até 20 horas, falta de equipamentos e meios de segurança para execução dos serviços, especialmente na atividade de abastecimento 
de caixas eletrônicos, além do ataque a organização sindical dos empregados. A empresa se recusa em negociar com os trabalhadores e demitiu  mais de 300 deles após a greve de 10 dias ocorrida no final de julho, tendo tal tema se transformado em mote para uma campanha mundial pela reintegração dos demitidos.

Já na Colômbia as práticas anti-sindicais passam pelo assédio e pagamento de bônus para que os trabalhadores se desliguem do Sindicato, além de outras ilegalidades que já resultaram até na prisão do seu gerente naquele país,  após denúncia do Sintravalores, o Sindicato local que representa os vigilantes da Prosegur. 

No Brasil, apesar de um nível de diálogo um pouco melhor, a Prosegur impõe aos trabalhadores condições de trabalho igualmente danosas e atitudes anti-sindicais, como a demissão de dirigentes  de sindicato no Piauí, além de jornadas de 16 e até de 20 horas. 
A Brinks também foi denunciada por várias ilegalidades nos diversos países em que atua na América Latina. 

Nos próximos dias a UNI e os Sindicatos estarão divulgando as campanhas e colocando em prática atos pela readmissão dos trabalhadores do Paraguai, denunciando as práticas anti-sindicais e a campanha pela assinatura do acordo global com Prosegur.

Em Salvador, terceirização é tema de debate no MPT

18/09/2012 - Em Salvador, terceirização é tema de debate no MPT

Em Salvador, terceirização é tema de debate no MPT
Nesta terça-feira, 18 de setembro, em Salvador, dirigentes sindicais, juristas e estudiosos do mundo do trabalho se reuniram na sede do prédio do Ministério Público do Trabalho, para discutir assuntos relacionados à terceirização: estratégias de luta e de enfrentamento. O presidente da CUT-BA, Cedro Silva, participou da atividade e ministrou palestra sobre o assunto na parte da tarde, sob a coordenação do diretor do Sindiquímica-BA, Carlos Itaparica. O evento é organizado pela entidade classista internacional Industri All, com apoio do Sindiquímica-BA/CUT e realização da CUT e demais centrais sindicais.
Cedro Silva fez um resgate histórico sobre a terceirização no Brasil e ressaltou a importância de combater a terceirização de forma veemente. Ele citou o recente documento distribuído pela Petrobras, que oficializa a precarização no serviço dos terceirizados. "O que vemos com a terceirização hoje são os acidentes de trabalho, a discriminação, o calote e o custo social gerado com as demissões. A nossa responsabilidade é discutir com o poder público qual é o modelo que queremos. A CUT deixa como orientação diretrizes que incluem o direito à informação prévia, a responsabilidade solidária, igualdade de direitos de condições de trabalho, entre outros pontos. A terceirização não acaba, mas somos nós que temos que fazer o enfrentamento", disse.
O dirigente da CTB, Adilson Araujo, destacou a necessidade de aprofundar a discussão acerca da terceirização sob o ponto de vista do movimento sindical. Para ele, esse debate está inserido no contexto da luta política da atualidade. "No momento em que o Brasil goza de estabilidade econômica, não podemos ser favoráveis a uma agenda agressiva globalizada. Temos que assumir em nossa agenda da classe trabalhadora o crescimento com distribuição de renda e melhores empregos. Estamos numa nova fase que permite à classe trabalhadora um acumulo de forças. Em relação ao fator previdenciário, entendemos que a ratificação é o caminho, observou.
A dirigente da Força Sindical, Nair Goulart, reforçou a importância da união internacional dos trabalhadores, uma vez que a terceirização é um processo que acontece em outras partes do mundo. "Na década de 1970, quando a terceirização começa a ganhar corpo no Brasil, os sindicatos estavam em um momento em que não tinham condições de fazer o enfrentamento, com um governo autoritário e um momento de crise econômica. Agora, vivemos um outro momento de correlação de forças", pontuou.  
A diretora cultural da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho 5° Região (Anamatra), Angélica de Mello Ferreira, que é juiza da 8° Vara do Trabalho, enfatizou a preocupação da Justiça diante da falta de regulamentação da terceirização. "A terceirização preocupa por estar se agravando ao longo dos anos. É uma luta que tem que unir fiscais do trabalho, sindicatos e outros segmentos", disse a juíza, que apontou dados que comprovam que a terceirização no Brasil é um fator que leva à precarização do trabalho.
O diretor de Assuntos Legislativos da Associação Nacional de Procuradores do Trabalho, Alberto Bastos Balazeiro chamou a atenção para a alta permissividade para a terceirização e a necessidade de envolver nessa discussão o empresariado e também os parlamentares. Além disso, ele relacionou a necessidade de que a lei que regulamente a terceirização inclua a responsabilidade solidária, a isonomia, o meio ambiente do trabalho, entre outros pontos. "Não há nenhuma razão para que o meio ambiente de trabalho dos terceirizados seja diferenciado", disse.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Carreata de João Bosco intensifica campanha na reta final para eleições

24/09/2012 - 10:29:16
A carreata organizada coligação Um Novo Caminho que tem como candidato a prefeito de Teixeira de Freitas pelo Partido dos Trabalhadores (PT), João Bosco e o vice, Gilberto do Sindicato (PCdoB), foi realizada neste domingo, 23 de setembro.
Partindo  da Avenida das Nações, por volta das 9 horas e finalizando no início da tarde na Praça Caravelas, onde simpatizantes da campanha petista discursaram. O evento foi encerrado por Bosco que voltou a defender uma gestão participativa com implantação de ações em diversos setores municipais visando o crescimento e desenvolvimento sustentável de Teixeira de Freitas.
A carreata contou com uma participação expressiva da sociedade teixeirense, além de um numero muito grande de motociclistas o numero de veículos foi recorde, o que segundo os organizadores, foram mais de 2 mil veículos,entre carro e motocicletas

sábado, 22 de setembro de 2012

João Bosco recebe apoio de deputado em Teixeira de Freitas

João Bosco recebe apoio de deputado em Teixeira de Freitas

Escrito por  ASCOM PT Bahia
Em uma intensa agenda política realizada no último fim semana pelo extremo sul baiano, o deputado estadual Marcelino Galo (PT) esteve também em Teixeira de Freitas no último domingo. Em reunião com o candidato à prefeitura do município, João Bosco (PT), da coligação “Um Novo Caminho”, o parlamentar declarou apoio ao correligionário. A coligação é composta pelos partidos PT, PRB, PTB, PSL, PSDC, PRP, PPL e PC do B e tem como vice Gilberto do Sindicato (PC do B). 

“Teixeira de Freitas está entre as 12 cidades da Bahia que o PT escolheu como prioridade para eleição de prefeitos. É preciso pensar em melhorar a educação, a saúde e outros importantes setores para o desenvolvimento local. Tenho certeza que o companheiro João Bosco é o mais preparado para isto”, declarou o deputado.
Bosco apresenta propostas nas áreas de segurança, agricultura, sustentabilidade ambiental, além das fundamentais, educação e saúde. Galo ainda ressaltou que a administração de João dever ser participativa e comprometida com o crescimento do município. “Tenho encaminhado, ao governador Jaques Wagner, projetos de lei e indicações que favorecem a população teixeirense, incluindo restaurantes populares, centros de saúde, e melhorias na educação”, completa.
Fonte: Ascom do deputado Marcelino Galo

Completo, ilha das flores - filme curta metragem

HISTÓRIA DAS COISAS...

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Agerba abre 61 vagas para níveis médio e superior

Agerba abre 61 vagas para níveis médio e superior

Por A Tarde SALVADOR - A Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba) disponibilizará 61 vagas para profissionais de níveis médio e superior. Os salários variam de R$ 629,43 a R$ 2.204,59 e a jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

As oportunidades são para atuar nos municípios de Salvador, Feira de Santana, Itabuna, Jequié, Vitória da Conquista, Teixeira de Freitas, Bom Jesus da Lapa, Barreiras e Juazeiro. O processo seletivo será realizado pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb).

Do total de vagas disponíveis, nove são para trabalhadores com formação em curso superior, sendo oito para Técnico de Atividade de Regulação e uma para Analista Técnico. As demais vagas são de nível médio, sendo 23 para Agente de Suporte de Regulação e 29 para Técnico Administrativo.

Os interessado terão de fazer as inscrições entre os dias 26 de setembro a 7 de outubro através do Site Oficial. O valor da taxa é de R$ 55 para as funções de nível superior e de R$ 40 para médio.

Os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos, de caráter eliminatório e classificatório. A avaliação será aplicada no dia 11 de novembro, em Salvador. Os locais e horários das provas ainda serão definidos. 

Setor de celulose na Bahia pode dobrar em cinco anos

Setor de celulose na Bahia pode dobrar em cinco anos

 
Por Celulose Online SALVADOR - O setor de celulose representa 5,4% da produção industrial baiana, ocupando a sétima posição na composição da produção industrial de 2011. A expectativa, contudo, é que os investimentos feitos na área de papel e celulose nos próximos cinco anos amplie para 10,6% a participação do setor.

A projeção foi apresentada nessa quinta-feira (20), pelo secretário do Planejamento, José Sergio Gabrielli, em palestra realizada no Gran Hotel Stella Maris, durante o 18º Sinpel, evento do Sindicato da Indústria do Papel, Celulose e Papelão da Bahia.

Ao traçar um perfil da representação do papel e celulose na atividade econômica baiana, Gabrielli destacou que a produção do setor de celulose, no último mês de julho, cresceu 15,3% em relação ao mês anterior. No acumulado do ano (janeiro a junho) o crescimento foi de 2,7%., sendo que em 2011 houve uma queda de -1,1%.

Apesar da expectativa positiva para o setor, o secretário ponderou aspectos que precisam ser levados em consideração pelo poder público. Após observar que a produção está concentrada nas regiões Sul e Extremo Sul do estado, notadamente na Costa do Descobrimento e Costa das Baleias, o secretário elencou dimensões que merecem maior atenção.

Um deles é a logística e infraestrutura essenciais para o escoamento da produção, atualmente sendo prevalente o modal rodoviário. “É necessário criar condições de logística para levar para o interior da Bahia”, destacou Gabrielli, acrescentando que no setor predomina a exportação, sendo beneficiado quando o Porto Sul começar a operar.

Apesar do setor exigir investimentos em logística e infraestrutura, em contrapartida, destacou o secretário, a natureza da atividade quase não gera receita para o Estado porque não há recolhimento de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), principal fonte tributária da Bahia.

Outra fragilidade apontada pelo secretário é que a atividade agroflorestal, de florestas homogêneas (principalmente eucalipto e pinho), tem reflexos no meio ambiente, no zoneamento ecológico e no manejo. “Do ponto de vista do governo estadual, é preciso pensar os efeitos, de forma a não permitir o impacto ambiental, mas sem prejudicar os investimentos e o desenvolvimento do setor”, defendeu Gabrielli.
Com o tema “O Projeto de Desenvolvimento para a Bahia e para o Setor de Papel e Celulose”, a palestra teve como moderador o diretor executivo da Suzano e presidente do Sinpel, Jorge Emanuel Reis Cajazeira.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Candidata a vereadora em SP, Mulher Pêra, mostra sua ‘plataforma’

Candidata a vereadora em SP, Mulher Pêra, mostra sua ‘plataforma’


 

Numa campanha eleitoral, cabe aos candidatos mostrar aquilo que eles têm de melhor para conseguir o voto do eleitor. Solteira, aos 25 anos, Suelem Aline Mendes Silva é candidata a vereadora em São Paulo, pelo PTdoB. Nesta semana, ela divulgouuma foto em que não há detalhes sobre seu programa eleitoral, não há informações sobre seu partido, não há referências sobre sua coligação. Aparece apenas seu número (70070), seu nome e um close de sua plataforma, não exatamente a eleitoral.

Suelem é conhecida no mundo artístico como Mulher Pêra. Segundo ela, a foto foi feita para divulgar seu número e em nada vulgariza a política.
— Não vejo nada de mais na foto. Bunda todo mundo tem. Vou fazer outras, com o número nas pernas, nos braços e nos seios — revela a candidata, antes de explicar o que pretende caso seja eleita. — Eu tenho alguns projetinhos bem legais. São Paulo precisa de mais creches e de internet grátis nas escolas. (O Globo)
 

Com a presença de Jorge Solla, João Bosco realiza passeata em Teixeira de Freitas

Contando com a participação do secretário estadual da Saúde, Jorge Solla, o candidato a prefeito João Bosco (PT) e seu candidato a vice-prefeito Gilberto do Sindicato (PCdoB), realizaram na tarde deste sábado (15) uma passeata pelas principais ruas do centro de Teixeira de Freitas. O deputado federal Josias Gomes também participou do ato de campanha, que pela ampla participação popular foi considerado histórico pelos petistas. João Bosco e Gilberto do Sindicato, candidatos a prefeito e vice-prefeito respectivamente, fazem parte da coligação “UM NOVO CAMINHO”, composta pelos partidos PT, PCdoB, PRB, PTB, PSL, PSDC, PRP e PPL.

A concentração da passeata ocorreu na praça dos Leões, centro comercial de Teixeira de Freitas e a caminhada seguiu em direção à avenida Getúlio Vargas até a praça Caravelas, onde foi aconteceram os discursos.
Assim como já tinha feito horas antes durante a inauguração do Hospital de Ibirapuã, o secretário Jorge Solla fez um relato dos avanços na área da saúde implementados pelo Wagner no município de Teixeira de Freitas e afirmou que em caso de vitória do seu colega de partido João Bosco, os benefícios seriam ampliados, com novos investimentos no Hospital Municipal e construção de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

Durante o seu pronunciamento o candidato João Bosco, que é médico e atua há vários anos na cidade, relatou que possui experiência o suficiente pra governador a maior cidade da região, assegurando que a sua proximidade com os governos do Estado e Federal seria algo fundamental para que Teixeira de Freitas pudesse avanças em várias áreas. Bosco condenou os últimos ataques que ele estaria sofrendo por parte dos seus opositores, com panfletos anônimos que teriam o objetivo de denegrir a sua imagem. No final do evento o candidato João Bosco fez questão de agradecer aos presentes e todas as manifestações dos seus simpatizantes notadas durante a passeata.
Os demais
O candidato Rodrigo Esteves (PSDB) realizou caminhada e comício no período da tarde no distrito de Santo Antonio, enquanto Temóteo Brito (PSD) participou de encontros em bairros distritos da sede e gravou programas eleitorais. O candidato Tassizo Gama (PV) não divulgou sua agenda deste sábado.


Por: Teixeira News
 

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Eleições 2012: Presídio de Teixeira de Freitas terá seção de votação

Eleições 2012: Presídio de Teixeira de Freitas terá seção de votação


 

Por determinação da Justiça Eleitoral na Bahia, o Presídio de Teixeira de Freitas está entre as unidades prisionais onde serão instaladas seções de votação nas eleições municipais deste ano.
Coronel Calheiros é o diretor do Presídio de Teixeira de Freitas
Ao todo, haverá urnas eletrônicas em 17 seções espalhados pelos presídios da capital e de seis cidades do interior.
Em Salvador, terão seções a Comunidade de Atendimento Socioeducativo (CASE), o Presídio de Salvador, o Centro de Observação Penal (COP), a Unidade Especial Disciplinar (UED), o Conjunto Penal Feminino, a Cadeia Pública de Salvador, a Penitenciária Lemos de Brito (PLB) e a Fundação da Criança e do Adolescente (Case Cia).
No interior, haverá seções no Conjunto Penal de Itabuna, no Presídio Nilton Gonçalves (em Vitória da Conquista), no Conjunto Penal de Paulo Afonso, no Conjunto Penal de Serrinha, na Case Zilda Arns (em Feira de Santana), no Conjunto Penal de Feira de Santana e no Conjunto Penal de Teixeira de Freitas.
A medida assegura o direito ao voto pelo chamado preso provisório, ou seja, aquele que ainda aguarda julgamento em definitivo pela Justiça. A iniciativa vai beneficiar um total de 2.291 custodiados em 15 unidades carcerárias da Bahia. O número já supera o de presos alistados nas Eleições 2010, quando 1.620 foram cadastrados para exercer o direito de escolha do candidato.
O voto dos presos provisórios é uma exigência prevista na Constituição Federal de 1988 e vem sendo assegurado em todo o país desde 2010. Naquele ano foi instituída, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Resolução 23.219, que dispõe sobre a instalação de seções eleitorais especiais em estabelecimentos penais.
Para garantir a participação destes presos nas eleições, desde 2010, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) vem realizando o alistamento eleitoral e a nomeação de mesários em cooperação com a Defensoria Pública estadual, que realiza a coleta de informações dos presos nos presídios.

Bancários da Bahia decidem em assembleia entrar em greve a partir da terça

SALVADOR - Os bancários da Bahia decidiram em assembleia nesta quarta-feira (12) que não aceitam a proposta de 6% de reajuste oferecido pelo Federação Brasileira de Bancos (Fenaban) e aprovaram greve por tempo indeterminado a partir da terça-feira (18). Uma nova assembleia na segunda-feira vai decidir como será a paralisação no estado.

As assembleias aconteceram em vários estados nesta noite - no Ceará, a proposta da Fenaban já foi recusada e a categoria também decidiu pela paralisação. Em São Paulo, a decisão também foi de greve a partir do dia 18 deste mês. Rio de Janeiro, Alagoas e Piauí, dentre outros, também decidiram parar.

Os bancários reivindicam reajuste de 5% acima da inflação, aumento do piso salarial de R$ 1.400 para R$ 2.400. Eles também pedem mais contratações, menos demissões e aumento da segurança nas agências bancárias, entre outras demandas.

A categoria quer ainda maior participação nos lucros e resultados e revisão do piso salarial para R$ 2,4 mil. “'Você tem executivo de banco que ganha R$ 8 milhões por ano'”, disse Juvandia Moreira para justificar as demandas dos trabalhadores.

A Fenaban oferece reajuste de 0,7% acima da inflação, projeto para aumento da segurança e uma cláusula de responsabilidade pela saúde dos bancários.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Como votar na urna eletrônica, passo a passoPara não errar nas eleições de 2012, saiba como votar na urna eletrônica.

Em menos de dois meses, a população brasileira estará exercendo o seu poder de voto, nas urnas dos mais de 5.500 municípios do país. As eleições municipais ocorrerão no dia 7 de outubro, em primeiro turno. Já para o segundo turno, o calendário do Tribunal Superior Eleitoral determinou que seja no dia 28, do mesmo mês. Na ocasião, os eleitores irão escolher seus representantes para os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador. Como sabemos, nossos votos são recolhidos e contabilizados por meio eletrônico. Os votantes mais velhos já se acostumaram ao sistema, que vigora no país desde o ano de 2000, quando a urna eletrônica passou a ser usada em todos os municípios.

502848 Como votar na urna eletrônica passo a passo.1 Como votar na urna eletrônica, passo a passo
As eleições serão no dia 7 de outubro (Foto: Divulgação)
Embora o método já exista há um tempo considerável, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre como votar na urna eletrônica. Especialmente os eleitores mais jovens ou os que ainda não passaram por nenhuma votação ou, ainda, pessoas idosas, que costumam ter mais dificuldade com aparelhos eletrônicos, é importante que todos saibam como votar, corretamente. Isso é necessário, pois muitos eleitores, no momento da votação, acabam ficando nervosos e cometendo erros; muitas vezes, até mesmo anulam o seu voto. Com isso, desperdiçam a oportunidade de exercerem sua cidadania, escolhendo seus representantes.
Pensando nas dúvidas de muitos eleitores, o Mundo das Tribos preparou um passo a passo para votar na urna eletrônica. Confira!

Passo a passo para votar no candidato escolhido

O procedimento é simples. A urna eletrônica possui teclas semelhantes às do telefone. Observe a foto, abaixo:
502848 Como votar na urna eletrônica passo a passo.2 Como votar na urna eletrônica, passo a passo
Teclas da urna eletrônica (Foto: Divulgação)
Para as eleições municipais de 2012, a ordem de votação será: vereador, prefeito. Com isso, a urna eletrônica já estará programada para aceitar os números referentes aos candidatos, nesta ordem. Para votar no candidato escolhido, deve-se fazer o seguinte:
1- Digitar o número do candidato a vereador, usando as teclas com numeração de 1 a 0. Após isso, a foto deste candidato aparecerá na tela, do lado esquerdo. Junto com a imagem, estarão os dados do candidato;
2- Se a imagem e os dados se referem à pessoa escolhida, para vereador, basta apertar a tecla CONFIRMA, da cor verde;
3- Após confirmar o voto para vereador, o mesmo procedimento será feito, para o prefeito;
4- Digitar o número do candidato a prefeito;
5- Conferir os dados do candidato;
6- Apertar tecla CONFIRMA, em verde.
Se, ao digitar o número do candidato escolhido, o eleitor cometer algum erro, basta apertar a tecla CORRIGE, na cor laranja. Após isso, deve-se teclar a numeração, novamente.
502848 Como votar na urna eletrônica passo a passo.3 Como votar na urna eletrônica, passo a passo
A imagem do candidato aparecerá, ao lado (Foto: Divulgação)

Como votar em branco

Caso o eleitor não queira votar em nenhum candidato e julgue melhor o voto em branco, basta utilizar a tecla BRANCO, na cor branca. Como a urna já estará programada para a votação, na ordem vereador – prefeito, basta apertar a tecla branca, nas duas etapas, seguidamente. Lembre-se: tecle BRANCO e, em seguida, CONFIRMA. O voto em branco também deve ser confirmado.
Ao final da etapa, seja em branco ou em um candidato escolhido, a urna eletrônica emitirá um sinal sonoro curto. Depois da votação para prefeito, o sinal emitido será mais longo e a tela mostrará a palavra FIM. Pronto! Está feita a votação

Crime Eleitoral

                         “Fique por dentro”
Inutilizar propaganda lícita é crime, conforme o Código Eleitoral.

“ Art.331. Inutilizar, alterar ou perturbar meio de propaganda devidamente empregado.
Pena: Detenção de 15 dias a 6 meses de 90ª 120 dias- Multa”.

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

PROFESSORA ELIENE 13.111

Dados pessoais

Nome completo
Eliene Costa Dos Santos
Data de nascimento
13 de Outubro de 1974 (37 anos)
Sexo
Feminino
Estado civil
Casado(a)
Nacionalidade
Brasileira Nata
Naturalidade
Porto Seguro (BA)
Grau de instrução
Superior Completo
Ocupação
Professor De Ensino Médio

Dados eleitorais

Cargo a que concorre
Vereadora
Município onde concorre
Teixeira de Freitas (BA)
Nome para urna eletrônica
Professora Eliene
Número
13111
Partido
PT - Partido Dos Trabalhadores (13)
Coligação
JUNTOS POR UM NOVO CAMINHO
Composição da coligação
Situação da candidatura
Deferido

VEREADOR ADAILTO DA CAVADA 43.333

    VEREADOR                                  ADAILTO DA CAVADA
                                                                          43.333

ENTREVISTA COM JOÃO BOSCO, CANDIDATO A PREFEITO DE TEIXEIRA DE FREITAS

ENTREVISTA COM JOÃO BOSCO, CANDIDATO A PREFEITO DE TEIXEIRA DE FREITAS.

A campanha começou boa. Como está a resposta do povo?
Encantadora. Quando passo pelas ruas, os abraços são muito calorosos e a vontade do povo de mudança, de ganhar essa eleição é muito grande.
Então, diz pra gente, quem é João Bosco?
Uma pessoa simples como todo teixeirense, todo brasileiro, pai de família, tem três filhos encantadores. Como todo pai, sou apaixonado pelos meus filhos. Moro em Teixeira de Freitas desde 1993, sou médico.

Como vai ser sua atenção para com as pessoas da cidade?
Olha, quando eu cheguei em Teixeira, eu conheci Irmã Ângela. Encontrei uns três dias a Irmã Ângela em frente ao Banco do Brasil e ela me perguntou se eu era médico, eu disse, sou. Ela perguntou, posso levar meus pacientes pro senhor olhar. Eu disse pode, mas me traga paciente grave, não me traga gripe não que resfriado a senhora dá um chá. Essa senhora me trouxe tanta coisa grave, nós fizemos tanta coisa boa nessa Teixeira de Freitas.
Eu quero dizer que eu quero cuidar de Teixeira de Freitas com o mesmo carinho que eu tenho com meus pacientes, com a mesma dedicação que eu tenho com a medicina. Quem me conhece sabe muito bem como é que é minha vida, como é meu comprometimento com a minha profissão.
Como foi o João Bosco filho, sua infância, seu crescimento?
Minha infância foi muito simples. A gente construía os próprios brinquedos. Teve uma época que a roda era feita de sandália havaiana, era muito simples mesmo. Eu cresci como uma criança pobre.
“Bosco durante a gestão à frente da Unimed foi sempre ético, sempre correto. Ele procurava integridade, responsabilidade administrativa nas principais coisas, desde um orçamento simples como a compra de um computador até negociações com uma grande clínica ou hospital.”
Eujácio Dantas
“Vivia desmaiando, com problema de coração, caindo, andava direto no médico. Mas Deus me mostrou ele e pra mim foi muito bom. Depois que eu comecei a tratar com ele, não desmaiei mais. Sou grata a você porque você é um médico muito especial, muito bom.”
Anísia Generosa do Espírito Santo
“A vida é de luta. Não existe nada fácil. Então, a gente sempre lutou para alcançar nosso objetivo e ele, especialmente, desde criança, criava seus próprios brinquedos, por iniciativa própria. Depois, começou a trabalhar muito novo. Eu tinha uma indústria, ele trabalhava comigo, no setor de venda, de entrega. Uma condição geral de trabalho, não tinha “não faço isso”, “não faça aquilo”, ele fazia o que precisava”
Seu João, pai de João Bosco
“Eu tenho uma relação muito aberta com ele, converso tudo. Meu pai é meu melhor amigo. Ele sempre procurou me ajudar em tudo, ele está sempre presente. Quando tenho trabalho de escola, ele faz de tudo pra me ajudar. Às vezes fica até tarde comigo, depois de um dia enorme que ele anda, faz campanha. Ele sempre fica comigo. Meu pai é incrível. Ele é o melhor pai do mundo. Ele é um herói pra mim.
Pai, eu queria dizer que, mesmo com toda dificuldade, mesmo que às vezes eu implique, eu sei o quanto isso é importante pra você. E quero que você saiba que, independente do que aconteça, eu estou sempre com o senhor. Sempre. Pra te ajudar, pra te apoiar. Eu reclamo pela sua ausência, mas sei tudo que o senhor faz é pensando não só em mim, mas no bem dessa cidade, eu sei que o senhor ama essa cidade como ama os filhos do senhor. Eu te amo muito.”
Joana Bittencourt, filha de João Bosco

domingo, 9 de setembro de 2012

Informações do Bahia Notícias

Os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) barraram candidaturas a prefeito de 317 políticos com base na Lei da Ficha Limpa, segundo levantamento da Folha. O número deve aumentar, já que em 16 tribunais ainda há casos a serem julgados. Entre os fichas-sujas, 10 estão na Bahia. O maior número, 53, é do TRE de SP. Na divisão por partido, o PSDB é o que possui a maior quantidade de barrados, com 56 candidatos. O PMDB vem depois, com 49. O PT aparece na oitava posição, com 18. Todos os candidatos barrados pelos tribunais regionais podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A presidente do tribunal, Cármen Lúcia, já disse que não será possível julgar todos os casos antes das eleições, mas até o final do ano, antes da posse dos eleitos em janeiro de 2013.
 
  
 
 
Informações do Bahia Notícias

Os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) barraram candidaturas a prefeito de 317 políticos com base na Lei da Ficha Limpa, segundo levantamento da Folha. O número deve aumentar, já que em 16 tribunais ainda há casos a serem julgados. Entre os fichas-sujas, 10 estão na Bahia. O maior número, 53, é do TRE de SP. Na divisão por partido, o PSDB é o que possui a maior quantidade de barrados, com 56 candidatos. O PMDB vem depois, com 49. O PT aparece na oitava posição, com 18. Todos os candidatos barrados pelos tribunais regionais podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A presidente do tribunal, Cármen Lúcia, já disse que não será possível julgar todos os casos antes das eleições, mas até o final do ano, antes da posse dos eleitos em janeiro de 2013.
 
  
 
 

sábado, 8 de setembro de 2012

Mulher é condenada por fingir orgasmos

A publicitária Mara Rocha, de 23 anos, recebeu a condenação em primeira instância por simular orgasmos. O autor do processo disse que teve sua honra ferida após sua ex-mulher ter publicado em uma rede social o seguinte: "Fingir orgasmos... quem nunca?".
Depois da postagem, o caso repercutiu no círculo de amizades dos dois. Ao cobrar explicações de Mara, Carlos Cavalcanti, de 43 anos, recebeu a seguinte resposta: "Não citei nomes, mas se a carapuça serviu, fique à vontade". Após isso, a publicitária ainda provocou o ex-marido: "O infeliz ao invés de ficar tentando satisfazer seu ego deveria é aprender a satisfazer uma mulher na cama".
O juiz Antonio Ribeiro Rocha, do 2º Juizado Cível de Vitória, aceitou a denúncia por difamação e calúnia, condenando Mara a indenizar o ex-marido em dez salários mínimos.
"Ele é tão consciente de sua incapacidade que só me processou por injúria e difamação, porque calúnia ele sabe que não é", provocou a moça novamente.
A publicitária Mara Rocha, de 23 anos, recebeu a condenação em primeira instância por simular orgasmos. O autor do processo disse que teve sua honra ferida após sua ex-mulher ter publicado em uma rede social o seguinte: "Fingir orgasmos... quem nunca?".
Depois da postagem, o caso repercutiu no círculo de amizades dos dois. Ao cobrar explicações de Mara, Carlos Cavalcanti, de 43 anos, recebeu a seguinte resposta: "Não citei nomes, mas se a carapuça serviu, fique à vontade". Após isso, a publicitária ainda provocou o ex-marido: "O infeliz ao invés de ficar tentando satisfazer seu ego deveria é aprender a satisfazer uma mulher na cama".
O juiz Antonio Ribeiro Rocha, do 2º Juizado Cível de Vitória, aceitou a denúncia por difamação e calúnia, condenando Mara a indenizar o ex-marido em dez salários mínimos.
"Ele é tão consciente de sua incapacidade que só me processou por injúria e difamação, porque calúnia ele sabe que não é", provocou a moça novamente

Mulher é condenada por fingir orgasmos

Mulher é condenada por fingir orgasmos

Compartilhe
A publicitária Mara Rocha, de 23 anos, recebeu a condenação em primeira instância por simular orgasmos. O autor do processo disse que teve sua honra ferida após sua ex-mulher ter publicado em uma rede social o seguinte: "Fingir orgasmos... quem nunca?".
Depois da postagem, o caso repercutiu no círculo de amizades dos dois. Ao cobrar explicações de Mara, Carlos Cavalcanti, de 43 anos, recebeu a seguinte resposta: "Não citei nomes, mas se a carapuça serviu, fique à vontade". Após isso, a publicitária ainda provocou o ex-marido: "O infeliz ao invés de ficar tentando satisfazer seu ego deveria é aprender a satisfazer uma mulher na cama".
O juiz Antonio Ribeiro Rocha, do 2º Juizado Cível de Vitória, aceitou a denúncia por difamação e calúnia, condenando Mara a indenizar o ex-marido em dez salários mínimos.
"Ele é tão consciente de sua incapacidade que só me processou por injúria e difamação, porque calúnia ele sabe que não é", provocou a moça novamente.

A um mês das eleições, TSE publica lista com doadores de campanha

A um mês das eleições, TSE publica lista com doadores de campanha

Por Agência Brasil
Foto: Divulgação/STF
Ministra do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia
BRASÍLIA - Falta exatamente um mês para a realização do primeiro turno das eleições municipais e, neste ano, a divulgação, antes da votação, dos doadores de campanha é uma novidade. A decisão de colocar na internet o nome dos doadores foi tomada pela presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Cármen Lúcia, com base na Lei de Acesso à Informação.

Duas divulgações de nomes das empresas e das pessoas físicas que doaram recursos para as campanhas já foram feitas. A segunda lista com informações de doadores e a prestação de contas do candidatos foi divulgada ontem (6) no site do TSE. A primeira lista de doadores foi divulgada há duas semanas.

A justificativa para determinar a publicação foi a Lei de Acesso à Informação já que, pela Lei das Eleições, somente na apresentação da prestação final das contas de campanha, candidatos, partidos e comitês devem indicar os nomes dos doadores e dos valores doados para as campanhas.

No dia 7 de outubro, os eleitores vão escolher novos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. O país tem 138,5 milhões de brasileiros aptos a votar, em 436.679 seções eleitorais em todo território nacional. Não participam dessa disputa os eleitores do Distrito Federal, de Fernando de Noronha e do exterior.

Nas eleições de 2012, serão preenchidas 5.568 vagas para prefeito e vice-prefeito e 57.428 para vereador. A Justiça Eleitoral contabiliza o pedido de registro de 15.487 candidatos a prefeito e 449.194 para vereador.

De acordo com o TSE, o perfil do eleitorado brasileiro é formado, em sua maioria, por mulheres entre 25 e 34 anos. Entre os votantes, 72.877.463 são mulheres (51,9%) e 67.382.594 são homens (47,9%), e 134.046 (0.095%) não informaram o sexo no momento do cadastro eleitoral.

O segundo turno será realizado no dia 28 de outubro apenas nos municípios com mais de 200 mil eleitores e caso nenhum candidato tenha alcançado mais de 50% dos votos válidos no primeiro turno.
 

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

CUT-BA informa falecimento da companheira Aldacira, do Sindlimp-BA

06/09/2012 - CUT-BA informa falecimento da companheira Aldacira, do Sindlimp-BA

CUT-BA informa falecimento da companheira Aldacira, do Sindlimp-BA
Com profundo pesar, a CUT-BA informa o falecimento da dirigente sindical Aldacira Gonçalves Barbosa. Neste momento de dor, prestamos nossa solidariedade aos companheiros do Sindilim, aos parentes e amigos de Aldacira. O corpo está sendo velado no Cemitério Quinta dos Lázaros (Velório 1) e o enterro será hoje (6) às 15h30. Em sinal de luto, o Sindilimp-BA informa que não terá expediente na tarde desta quinta-feira. 
Em nota, o Sindilimp-BA diz que Aldacira Gonçalves Barbosa foi fundamental para a história da entidade, na qual atuou de forma incansável pela construção e consolidação da Secretária de Defesa dos Direitos da Mulher.

Lula grava apoios para candidatos do PT

Lula grava apoios para candidatos do PT
Lula e Adão Villa, de Porto Alegre (Foto Ricardo Stuckert - Instituto Lula)

Na foto, Lula com Villa, candidato do PT em Porto Alegre.


O ex-presidente passou parte desta manhã de quinta-feira (6) gravando vídeos de campanha e está muito animado com seu próximo evento público, um encontro com sindicalistas, na próxima terça-feira (11), junto com Fernando Haddad, candidato petista à Prefeitura de São Paulo

Empregados domésticos poderão ter os mesmo direitos de trabalhadores da iniciativa privada

Empregados domésticos poderão ter os mesmo direitos de trabalhadores da iniciativa privada
Deputada Benedita da Silva (PT-RJ) - Foto: Richard Casas/PT

Deputada Benedita da Silva (PT-RJ) é a relatora da PEC que tramita na Câmara


Empregados domésticos podem ter os mesmos direitos de trabalhadores da iniciativa privada, como: FGTS, seguro desemprego, cheches para os filhos, entre outros benefícios.
Esses direitos estão previstos na Proposta de Emenda a Constituição (PEC) que tramita no Congresso.
A relatora da PEC, deputada Benedita da Silva (PT-RJ), fala sobre a importância do projeto e afirma que os empregadores não serão prejudicados.
(Fernando Meira Dias – Rádio PT)

ABC: Metalúrgicos entrarão em greve por aumento salarial

ABC: Metalúrgicos entrarão em greve por aumento salarial



Setenta mil metalúrgicos vão parar a produção nas fábricas do ABC na próxima segunda-feira, 10, para reivindicar aumento salarial. Os trabalhadores decidiram na quarta-feira, 5, por unanimidade, em assembleia realizada na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, que farão greve de um dia para conquistar aumento real mais o INPC do período. Se os patrões não apresentarem proposta, será decretada greve por tempo indeterminado. A paralisação não atinge as montadoras (Ford, Mercedes-Benz, Scania e Volkswagen), porque na campanha de 2011 o Sindicato conquistou acordo salarial com validade para dois anos.
A pauta de reivindicações foi entregue aos grupos patronais no final de junho, mas até agora não houve propostas. Os trabalhadores reivindicam o mesmo índice conquistado pelos metalúrgicos das montadoras na campanha de 2011, que tem validade para dois anos. A base do Sindicato tem 105 mil trabalhadores, 35 mil nas montadoras. A data-base da categoria é 1° de setembro.
“A paralisação de um dia é um alerta para que os patrões percebam que a disposição de luta da categoria é forte”, afirmou o secretário-geral do Sindicato, Wagner Santana. “Se não atenderem nossa reivindicação haverá greve por tempo indeterminado”, avisou o vice-presidente do Sindicato, Rafael Marques.
Com informações do SMABC
Agência FEM-CUTSP

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Financiamento estudantil poderá ser estendido por dois semestres

Receba Notícias do BN

Nome
E-mail *

Pérola do dia

Aparecida Gonçalves
“Por ser um caso emblemático, tem ampliado a discussão sobre a violência sexual no país”

Secretária nacional de Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres, ao destacar a repercussão do Caso New Hit

Francamente

Entrevistas

Márcio Marinho
O terceiro prefeiturável de Salvador entrevistado pelo Bahia Notícias é o deputado federal pelo PRB, Márcio Marinho. O candidato falou das propostas do seu plano de governo, entre elas as ações pretendidas para a mobilidade urbana, bem como do seu projeto para implantação de um hospital municipal e policlínicas em bairros. Marinho ainda afirmou que estará no segundo turno, mas também que, caso não vá, estará livre para apoiar quem ele bem quiser. "Eu nao morro de amores por ninguém e tenho a liberdade de tomar minha decisão que for",contou. O parlamentar não deixou de apontar que, em sua opinião, representa a renovação entre os postulantes ao Executivo. "Um é o retorno ao passado, o outro é o retorno de uma administração de 50 anos: é neto, mas representa um grupo velho, e outro representa um governo de oito anos na cidade", avaliou.

Multimidia

Novo prefeito e a educação de Salvador
O que você espera que o próximo prefeito faça pela educação?
Uma tentativa de assalto ao Banco do Brasil de Coronel João Sá, no nordeste baiano, foi frustrada na madrugada desta quarta-feira (5) por policiais militares. Por volta das 2h, oito criminosos explodiram um caixa eletrônico e o cofre central da agência bancária. Mas, durante a ação, eles foram surpreendidos por homens da Companhia Independente de Policiamento Especializa (Cipe/Caatinga) e fugiram do local em um veículo. Em comunicado, a PM informou que diligências são realizadas na região para tentar encontrar os integrantes da quadrilha. Com mais um registro de ataque a bancos, o número sobe para 114, só em 2012.

   
Pesquisa do Instituto Planter muda cenário sucessório em Salvador; ACM Neto lidera com 39%, mas todos adversários crescem
Fotos: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias
A pesquisa sobre a sucessão de Salvador, realizada pelo Instituto Planter e divulgada nesta quarta-feira (5), aponta novamente o candidato a prefeito do DEM, ACM Neto, na liderança, mas com um cenário totalmente diferente do que foi apresentado tanto pelo Ibope e quanto pelo Vox Populi. No estudo estimulado, quando são apresentados os nomes dos postulantes, o democrata aparece com 39% das intenções de voto contra 21,6% de Nelson Pelegrino (PT). Mário Kertész (PMDB) vem em terceiro, com 9,3%, seguido de Márcio Marinho (PRB), com 5,9%, Da Luz (PRTB), 3,6%, e Hamilton Assis (PSOL), 3,5%. Nulos e brancos somam 8,5%, enquanto 9% se colocaram como indecisos, não opinaram ou disseram que não votariam em nenhum dos prefeituráveis. No estudo espontâneo, quando não há lista de candidatos, Neto mantém a ponta, com 36,3%, contra 19,6% de Pelegrino, 8,7% de Kertész, 5,8% de Marinho, 3,4% de Da Luz e 3,3% de Assis. Brancos e nulos somaram 7,1%, enquanto 8% não opinaram, 5,5% declararam ainda não ter definido a escolha e 2,5% recusaram os concorrentes. No quesito rejeição, Pelegrino aparece com 20,3%, contra 18,9% de ACM Neto, 15,7% de Kertész, 11,2% de Da Luz, 5,8% de Hamilton Assis e 5,6% de Marinho. A pesquisa ouviu 2 mil eleitores entre os dias 29 de agosto e 1º de setembro e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BA-00101/2012. A margem de erro estimada pelo instituto é de 2,2%.

   
Quarta, 05 de Setembro de 2012 - 18:50

Sindicato e comando de greve dos professores da Ufba divergem sobre fim da paralisação

por Aparecido Silva
Após a diretoria do Sindicato dos Professores das Instituições Federais da Bahia (Apub) anunciar o fim da greve nesta quarta-feira (5) com a realização de um plebiscito entre os docentes com 460 votos favoráveis e 37 contrários ao término, o comando grevista diz que a paralisação só terminará no próximo dia 13. “A greve começou em assembleia e vai terminar com assembleia”, afirmou o professor Jair Batista, integrante do comando de greve na universidade, em conversa com o Bahia Notícias. Para ele, a decisão do sindicato é “um ato arbitrário de uma entidade que não se submete às assembleias”. A decisão do comando em terminar a greve no dia 13 foi tomada em assembleia realizada na tarde desta quarta-feira (5).

   
Capim Grosso: Prefeita é multada por irregularidades em contratação de bandas para festejos juninos
A prefeita de Capim Grosso, no centro-norte baiano, Lydia Fontoura Pinheiro, foi multada nesta quarta-feira (5) pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) por irregularidades na contratação de bandas para os festejos juninos de 2011. A Corte aplicou uma multa de R$ 10 mil. Segundo o órgão fiscalizador, a administração contratou diretamente, mediante inexigibilidade, a empresa Joedson Farias Costa ME, portadora de cartas de exclusividade das atrações Magníficos, Limão Com Mel, Banda Xote Garoto, Alan e Álisson & Banda, André e Mauro, Jó Brasil, Calango Aceso e Laços de Forró, pelo valor global de R$ 267 mil.  Em sua defesa, Lydia alegou que os artistas são reconhecidamente consagrados pela crítica e pela opinião pública, e que a empresa contratada é representante exclusiva das referidas bandas na região. Mas segundo o TCM, as alegações não foram suficientes para descaracterizar as irregularidades. A gestora ainda pode recorrer da decisão.

   
Candeias: Advogado esclarece inscrição de Sargento Francisco em eleições indiretas
Foto: Divulgação
O advogado Ricardo Paranhos, advogado do Sargento Francisco (PMDB), esclareceu em nota que o ex-presidente da Câmara Municipal de Candeias não descumpriu a determinação liminar proferida pelo Ministro Marco Aurélio. Segundo Paranhos, a decisão não determinou o afastamento de Francisco do cargo, mas apenas a realização de eleições indiretas. Portanto, na interpretação do advogado, até finalização do pleito suplementar Francisco deve permanecer na chefia município. Sobre a alegação de que o peemedebista teria descumprido o edital de convocação para eleição indireta, o advogado esclarece que agiu de acordo com o que foi estabelecido pela resolução anunciada pela Câmara, onde “existem divergências incompatíveis entre si”. A defesa de Francisco aponta que, enquanto o art. 8º da resolução estabelece que “Cada chapa solicitará sua inscrição, individualmente, que será numerada pela ordem cronológica de inscrição, mediante requerimento dirigido à Mesa Diretora da Câmara, no período constante do calendário do Edital anexo”, já o art. 2º do edital determina que “as indicações deverão ser apresentadas pelos Partidos Políticos”. O advogado afirma que seu cliente preenche todas as condições de elegibilidade e se encontra regularmente inscrito para a disputa. Ele destacou também que, por se tratar de uma eleição extraordinária, cabia a Câmara dar maior publicidade ao procedimento, que foi feito “as pressas, sem observar os preceitos básicos e garantias constitucionais previstas na Legislação pátria, fato este que pode acarretar a nulidade de todo o procedimento”, diz a nota. 

   
Quarta, 05 de Setembro de 2012 - 18:00

Ricardo Lewandowski absolve ex e atual vice do Banco Rural

Ricardo Lewandowski absolve ex e atual vice do Banco Rural
José Cruz/ABr
O ministro Ricardo Lewandowski, revisor do processo do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), retomou nesta quarta-feira (5) seu voto sobre as acusações de gestão fraudulenta no Banco Rural. Ele inocentou a ex-vice-presidente do Banco Rural Ayanna Tenório e o atual vice-presidente da instituição Vinícius Samarane. O ministro disse que não há provas contra os dois réus. "Ela era uma simples empregada, não tinha nenhum poder decisório no banco", afirmou. Em relação a Samarane, Lewandowski disse que ele era apenas um funcionário na época do escândalo. "Ele era mero empregado do banco, sem poder de conceder empréstimo ou renová-los", considerou. Saiba mais na Coluna Justiça

   
O prazo do financiamento estudantil concedido por meio do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) poderá ser ampliado por até dois semestres consecutivos. Na prática, o aluno continuará a receber o financiamento, caso precisar de mais tempo para concluir o curso. O estudante pode solicitar a extensão do prazo caso haja reprovação em uma matéria, doenças e outras situações que impliquem afastamento das aulas. Conforme a portaria publicada nesta quarta-feira (5) no Diário Oficial da União, o pedido de dilatação do financiamneto poderá ser feito pelo beneficiado entre o semestre previsto para encerramento do curso e o primeiro trimestre do período referente à ampliação. O pedido precisa ser validado pela Comissão Permanente de Supervisão e Avaliação (CPSA) em até cinco dias.