terça-feira, 4 de setembro de 2012

OIT e Mato Grosso vão promover em 2013 seminário internacional sobre trabalho decente

OIT e Mato Grosso vão promover em 2013 seminário internacional sobre trabalho decente



O Escritório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil e o Governo do Estado do Mato Grosso assinaram nesta quinta-feira (23) um memorando de entendimento para a realização do I Seminário Internacional de Boas Práticas do Trabalho Decente, previsto para março de 2013. O documento foi assinado pela Diretora da OIT no Brasil, Laís Abramo, pelo governador Silval Barbosa e pelo superintendente regional do Trabalho e Emprego em Mato Grosso, Valdiney de Arruda.
O governador assinou ainda mensagem à Assembleia Legislativa de Mato Grosso com Projeto de Lei que regulamenta o Conselho Estadual de Erradicação do Trabalho Escravo em Mato Grosso (Coetrae/MT) e o Comitê Gestor do Fundo de Erradicação do Trabalho Escravo. Entidades do setor produtivo, do Governo e OIT também assinaram termo de compromisso com o projeto de qualificação integrada. No evento, Abramo também apresentou o relatório da OIT sobre os avanços dos indicadores do trabalho decente em Mato Grosso.
Segundo a diretora, o Brasil se destaca como o País que mais tem avançado no combate ao trabalho forçado. “No caso de Mato Grosso, o projeto de qualificação integrada, entre outras ações importantes, é uma experiência que queremos levar a outros Estados”, ressaltou.
Para o governador, reconhecer o problema é fundamental para o enfrentamento. “Mesmo sendo alarmantes, não tivemos medo de mostrar os dados referentes ao trabalho escravo e ao trabalho infantil, pois foi a partir daí que traçamos, em conjunto com instituições e entidades, os planos em prol do trabalho decente.”
Para ter acesso a apresentação da diretora da OIT sobre Trabalho Decente do MT, clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário