ENTREVISTA COM JOÃO BOSCO, CANDIDATO A PREFEITO DE TEIXEIRA DE FREITAS

ENTREVISTA COM JOÃO BOSCO, CANDIDATO A PREFEITO DE TEIXEIRA DE FREITAS.

A campanha começou boa. Como está a resposta do povo?
Encantadora. Quando passo pelas ruas, os abraços são muito calorosos e a vontade do povo de mudança, de ganhar essa eleição é muito grande.
Então, diz pra gente, quem é João Bosco?
Uma pessoa simples como todo teixeirense, todo brasileiro, pai de família, tem três filhos encantadores. Como todo pai, sou apaixonado pelos meus filhos. Moro em Teixeira de Freitas desde 1993, sou médico.

Como vai ser sua atenção para com as pessoas da cidade?
Olha, quando eu cheguei em Teixeira, eu conheci Irmã Ângela. Encontrei uns três dias a Irmã Ângela em frente ao Banco do Brasil e ela me perguntou se eu era médico, eu disse, sou. Ela perguntou, posso levar meus pacientes pro senhor olhar. Eu disse pode, mas me traga paciente grave, não me traga gripe não que resfriado a senhora dá um chá. Essa senhora me trouxe tanta coisa grave, nós fizemos tanta coisa boa nessa Teixeira de Freitas.
Eu quero dizer que eu quero cuidar de Teixeira de Freitas com o mesmo carinho que eu tenho com meus pacientes, com a mesma dedicação que eu tenho com a medicina. Quem me conhece sabe muito bem como é que é minha vida, como é meu comprometimento com a minha profissão.
Como foi o João Bosco filho, sua infância, seu crescimento?
Minha infância foi muito simples. A gente construía os próprios brinquedos. Teve uma época que a roda era feita de sandália havaiana, era muito simples mesmo. Eu cresci como uma criança pobre.
“Bosco durante a gestão à frente da Unimed foi sempre ético, sempre correto. Ele procurava integridade, responsabilidade administrativa nas principais coisas, desde um orçamento simples como a compra de um computador até negociações com uma grande clínica ou hospital.”
Eujácio Dantas
“Vivia desmaiando, com problema de coração, caindo, andava direto no médico. Mas Deus me mostrou ele e pra mim foi muito bom. Depois que eu comecei a tratar com ele, não desmaiei mais. Sou grata a você porque você é um médico muito especial, muito bom.”
Anísia Generosa do Espírito Santo
“A vida é de luta. Não existe nada fácil. Então, a gente sempre lutou para alcançar nosso objetivo e ele, especialmente, desde criança, criava seus próprios brinquedos, por iniciativa própria. Depois, começou a trabalhar muito novo. Eu tinha uma indústria, ele trabalhava comigo, no setor de venda, de entrega. Uma condição geral de trabalho, não tinha “não faço isso”, “não faça aquilo”, ele fazia o que precisava”
Seu João, pai de João Bosco
“Eu tenho uma relação muito aberta com ele, converso tudo. Meu pai é meu melhor amigo. Ele sempre procurou me ajudar em tudo, ele está sempre presente. Quando tenho trabalho de escola, ele faz de tudo pra me ajudar. Às vezes fica até tarde comigo, depois de um dia enorme que ele anda, faz campanha. Ele sempre fica comigo. Meu pai é incrível. Ele é o melhor pai do mundo. Ele é um herói pra mim.
Pai, eu queria dizer que, mesmo com toda dificuldade, mesmo que às vezes eu implique, eu sei o quanto isso é importante pra você. E quero que você saiba que, independente do que aconteça, eu estou sempre com o senhor. Sempre. Pra te ajudar, pra te apoiar. Eu reclamo pela sua ausência, mas sei tudo que o senhor faz é pensando não só em mim, mas no bem dessa cidade, eu sei que o senhor ama essa cidade como ama os filhos do senhor. Eu te amo muito.”
Joana Bittencourt, filha de João Bosco

Comentários