quarta-feira, 27 de junho de 2012


As vendas mundiais de automóveis Volkswagen cresceram 9,4% nos cinco primeiros meses deste ano, passando de 2,09 milhão para 2,29 milhão de unidades. Só em maio a marca entregou 476.900 veículos – 9,3% a mais do que no mesmo mês de 2011, quando foram 436.500 unidades. "A marca obteve um desempenho muito respeitável em todo o mundo. No entanto, a situação dos mercados da Europa Ocidental continua tensa", diz Christian Klingler, da área de vendas e marketing do grupo Volkswagen.
Na Europa como um todo, a marca cresceu 2,8%, passando de 722.700 para 742.900 unidades comercializadas de janeiro a maio, percentual muito próximo do exibido pelo mercado doméstico alemão (alta de 2,9%, passando de 248.800 para 255.900 veículos). A Europa Ocidental registrou queda de 5,8%, de 402 mil para 378,6 mil unidades.
Em contrapartida, a Europa Central e Oriental cresceu 50,8% (de 71.900 para 108.400 unidades), impulsionada sobretudo pela Rússia, onde a alta foi de impressionantes 90,1% (de 34.400 para 65.300).
Na região Ásia-Pacífico, a marca registrou um aumento de 14,8% nas vendas em maio, com 909.100 veículos entregues, das quais 819.300 (14,7% a mais do que no ano passado, quando foram 714,200) unidades foram entregues na China, maior mercado da região.
Também houve crescimento considerável no continente americano, com exceção da América do Sul, onde a alta foi de insignificante 0,2% (de 311.600 para 312.200 unidades nos cinco primeiros meses). Na América do Norte, a alta foi de 24,4% (de 194.600 para 242.100). Só nos EUA o crescimento foi de 35,7% (de 125.700 para 170.600).
Fonte: Interpress Motor

Nenhum comentário:

Postar um comentário