quinta-feira, 19 de abril de 2012

Sindicato de Dourados denuncia Bradesco no MPT por práticas anti-sindicais



O sindicato dos Bancários de Dourados e Região, protocolizou na manhã desta terça-feira (17), no Ministério Público do Trabalho, denúncia sobre as práticas anti-sindicais que vem ocorrendo sistematicamente na agência centro do Bradesco em Dourados, caracterizando violação das disposições constitucionais do Art. 8º, inc. V.
Na oportunidade, os diretores do sindicato, Carlos Longo, vice-presidente e José Carlos, diretor jurídico, além do diretor da Fetec-CUT/CN, (Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito do Centro Norte) Walter Teruo Ogima, reuniram-se com o Procurador do Trabalho, Jeferson Pereira e relataram o que está acontecendo na referida agência do banco em Dourados.
“Entre as várias violações da liberdade sindical que o banco vem realizando podemos citar como exemplo: A convocação de funcionários pela gerência da agência para começarem a sua jornada de trabalha ainda na madrugada, afim de furar a greve da categoria aprovada em assembleia. Neste caso, violando, inclusive o plano de segurança da agência e colocando em risco a vida dos próprios funcionários. Além de que, os funcionários foram orientados a trabalharem escondidos no cofre da agência, para mais uma vez burlar a greve”,destaca Carlos Longo
Ainda segundo Longo, “Outra prática anti-sindical clara cometida, foi à atitude do Bradesco, que em retaliação a uma atividade do sindicato realizada no dia 21/03, cobrando mais segurança nos bancos, ter “orientado” funcionários da gerência da agência citada a pedir desfiliação em massa do sindicato, oito aderiram ao “apelo” do gerente, inclusive, um deles que se encontrava de férias.

Na reunião no Ministério Público do Trabalho, o procurador, Jeferson Pereira se comprometeu a apurar as denúncias e tomar as medidas cabíveis para coibir a prática anti-sindical do banco e garantir que a liberdade sindical, garantida na Constituição Federal Brasileira seja respeitada pelo banco.
Divulgação/sindicato
Vale lembrar que a direção do sindicato antes de fazer a denúncia esteve reunida com o Gerente Regional do Bradesco no MS em duas ocasiões, uma em Campo Grande e outra em Dourados, cobrando providências, mas até o momento não obteve respostas por parte do representante da empresa.
Por : Midiamax

Nenhum comentário:

Postar um comentário